quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

[TEXTO] "Você aceita o amor que acha merece"

Oi pessoal, tudo bom?

Posts da madrugada... quem nunca?!

Bom. Hoje eu queria falar um pouco sobre essa frase: 

"VOCÊ ACEITA O AMOR QUE ACHA QUE MERECE."

    Passei a vida toda incomodada com essa frase. Nunca gostei, nunca concordei. Como assim o amor que você merece? Então existe gente que te ama "errado?" E quem disse que alguém te ama "errado"?
    Sigo não gostando dessa frase mas eu estive pensando isso nos últimos dias. Essa frase é muito a cara de um melhor amigo te falar porque não aguenta mais ver você perder o tempo com uma pessoa que não vale a pena.
    A questão aqui é, a gente não aceita um amor que achamos que merecemos, mas sim um amor que correspondemos, o amor que conhecemos, o amor que construímos e o amor que recebemos.
    É verdade sim, que poucas pessoas nasceram (de fato) sabendo amar. Eu sempre acreditei e continuo acreditando que o amor é a força mais poderosa que existe e é ele que move o mundo, seja de uma maneira boa, ou ruim. Mas hoje, ao longo da vida (que não é muito longa, mas já serviu pra aprender bastante coisa), percebi que o amor de fato não é tão simples quanto parece. Poucas pessoas sabem o real valor do amor, seu real significado, sua real importância.
    Então sim, é verdade que muitas pessoas estão presas a amores irreais, amores que machucam, amores que não tem a mesma intensidade... Mas isso NÃO quer dizer que é isso que ela acha que merece.
    O amor é uma coisa tão forte, mas tão forte, que muitas vezes nos cega, nos muda, nos ensurdece, nos faz de bobo. Mas isso não quer dizer que eu escolho sofrer por um amor que me faz mal, o que acontece é que aquele sentimento já faz parte de você, e as vezes é muito difícil deixá-lo ir embora, por mais que isso seja o melhor para nós.
    Muitas pessoas também nunca amaram. Algumas nunca vão amar. Me entristeço por cada uma delas. O amor é arrebatador, de fato. Pode te destruir. Mas também pode transformar sua vida em uma coisa mágica.
    Por isso, acho que essa frase deveria ser abolida do mundo! Nós aceitamos o amor que acreditamos ser verdadeiro. Isso não quer dizer que, só porque um amor é ruim para mim, eu acho que mereço isso porque sou uma pessoa ruim, ou porque não sou bonita ou qualquer coisa do tipo.
    Vamos parar de usar os sentimentos contra as pessoas. É possível sim ajudar um amigo na área amorosa, sem precisar jogá-lo pra baixo, como faz essa frase.

    Sentimentos são como jóias preciosas. Tenho certeza que se você tem um anél de brilhantes ou uma corrente de ouro, toma um super cuidado com eles, certo? Que tal fazermos a mesma coisa com os sentimentos das pessoas? É possível falar do lado ruim do amor, sem que o amante se sinta culpado, pra baixo.

O que vocês acham? Concordam?

Um super beijo e até a próxima. 

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

[TEXTO] Música é aquilo que você é

Oii pessoal, tudo bem?

    Eu estou aqui ouvindo a minha playlist #VEM2018, sobre a qual em inclusive fiz um video lá no youtube. Ainda não assistiu? Clique AQUI pra assistir!
    Enfim. Estou aqui já na quarta ou quinta música e decidi escrever pra vocês sobre música.
    A música é parte de mim, onde quer que eu vá. Eu sou fã de muitos tipos diferentes de músicas mas todas, TODAS elas tem SEMPRE uma única coisa em comum:

ELAS SÃO UMA REPRESENTAÇÃO DO QUE EU SOU.

    É um pouco difícil de explicar, mas eu escuto e me apaixono por cada música com a qual eu me identifico.
    Eu por exemplo, acho que por minha personalidade ser um pouco mais melancólica, amooo de paixão músicas tristes. Muitas pessoas julgam meu gosto musical e falam que minhas músicas são péssimas. Isso vale também pro POP que eu amo com todo o meu coração, e por ai vai.
    Isso sempre me deixou bastante chateada, porque minhas músicas são absolutamente tudo pra mim! Chamo de minhas porque de fato sinto que elas são um pouquinho eu e eu sou um poquinho elas.
   Dá pra entender?
   Porém, percebi que, além de gosto não se discutir nunca (ou pelo menos não se discutir com pessoas chatas e ignorantes né) a música tem que falar unicamente com cada um de nós. Quando eu estou escutando uma música somos só eu e ela, ela e eu, e eu sinto como se meu coração fosse explodir as vezes, de tão bem que eu me sinto ouvindo, cantando e dançando por ai o que EU gosto.
    A música é importante demais pra gente deixar ela de lado só porque nem todo mundo gosta do que você gosta!
    Então se você gosta de eletrônica ou Pablo Vitar ou forró ou rock pesado ou música clássica, NÃO LIGUE PARA O QUE OS OUTROS! Siga buscando na música aquilo que te complete. Fechado?

Um beijo e até a próxima!

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

[TEXTO] O que eu sou?

    Oi pessoal.
    Tenho uma pergunta.
    Vocês as vezes se perguntam o que são? Pra onde vão? O que realmente querem da vida?
    Eu me pego mudando de ideia sobre mim mais de uma vez todos os dias.
    Acho que hoje as possibilidades são tantas, mas ao mesmo tempo tão poucas... Por exemplo. Eu sempre fui uma pessoa de sonhar muito. Não só o tipo de sonho que é aquilo que queremos pra nós, mas também aqueles sonhos que temos durante a noite.
    Eu me lembro de um sonho que eu tive no verão de 2013, e poderia descrever direitinho até hoje o que aconteceu no sonho. Ainda quero transformar essa história em um livro.
    Mas enfim. Acho que quando a gente sonha muito e se depara com esse mundo de possibilidades (e ao mesmo tempo um mundo de pessoas que também procuram essas possibilidades), uma dúvida tão grande surge na nossa cabeça.
    "O que eu sou? O que eu vou ser?"
    Atualmente eu sou professora bilíngue, e amo meu trabalho. Mas eu também estudo Tradução e seria um sonho pra mim poder trabalhar com tradução literária. Eu também amo meu canal e queria muito levá-lo como profissão mas hoje, o maior sonho da minha vida mesmo, é ser escritora. Vocês viram quantas coisas passam pela minha cabeça?
    Acho que neste ano o que eu quero mesmo é saber lidar com os meus sonhos pra poder entendê-los melhor também. As vezes a gente sonha com uma coisa porque aquilo já faz parte da nossa vida, e as vezes a gente sonha com uma coisa que provavelmente não tem nada a ver com a gente também.
    Decidi que agora, vou tentar fazer as coisas e sonhar com mais calma. Vou tentar refletir sobre o que de fato quero. Quero refletir sobre o que eu quero porque aquilo é um sonho mesmo e tentar me livrar do que eu quero só porque a vida me condiciona a querer aquilo.
    Quero ser cada vez mais eu. E acho que os sonhos falam muito sobre nós. Quem sabe decidindo o que eu quero, eu finalmente descubra de fato quem eu sou.

    Vocês já passaram por algo assim? Me contem nos comentários!

Beijos.

Bruna.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

[Poema]: Dificuldade.

É difícil falar de amor com quem não sabe amar.
É difícil falar de entrega com quem não se doa.
É difícil falar de prioridades com quem nunca te fez uma.
É difícil falar de futuro com quem não o visualiza.
É difícil falar de preocupação com quem não se preocupa.
É difícil falar sobre verdade com quem só sabe mentir.
É difícil falar de sonhos com quem não te leva em consideração.
É difícil falar de comprometimento com quem não está nem ai pra nada.
É difícil falar de alma com quem só pensa no corpo.
É difícil falar de ligação com quem é desprendido.
É difícil falar de tempo com quem não vê que ele é curto.
É difícil falar de vida com quem não quer fazer parte da sua.

De todos os meus problemas,
O mais difícil é você.