terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

[RESENHA] Um Presente da Tiffany





Título: Um Presente da Tiffany
Autora: Melissa Hill
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 336
Onde comprar: Amazon | Saraiva | Submarino | Americanas
Skoob: clique aqui



Nota: 3,5






     Em Nova York, Ethan e Daisy, sua filha de oito anos, entram na maravilhosa loja de joias Tiffany, conhecida mundialmente por suas embalagens fofas e - é claro - joias maravilhosas para buscar um anel de noivado. A grande felizarda é Vanessa, namorada de Ethan, que veio para finalmente curar as feridas da morte de Jane, mãe de Daisy e ex-mulher de Ethan.
     Ainda na grande maçã, Gary, um irlandês excêntrico, entra correndo na Tiffany para comprar um presente para sua namorada Rachel (que pagou por toda aquela viagem e é uma cozinheira super bem sucedida).
     Em um infeliz acidente, Gary é atropelado por um taxista e Ethan e Daisy ajudam o homem com os primeiros socorros, garantido que Gary sobreviva. 
    É apenas na manhã de Natal que a confusão é revelada: as sacolas da Tiffany foram trocadas! Vanessa recebe uma pulseira de berloques ao invés do -caríssimo- anel de noivado, e Rachel vai a loucura encontrando o tal anel.
   A partir daí, a vida desses dois casais se entrelaçam de uma maneira inesperada e tudo pode acontecer.

-

Primeiramente, eu PRECISO falar sobre essa capa. GENTE. Que capa mais linda! Sério! Além de ser verde-água (minha cor favorita, diga-se de passagem), tem vários elementos da história e, sério, é muito fofinha. Dá vontade de apertar o livro para sempre!

Agora a história... Bom. Vamos lá. Para mim está sendo bem complicado fazer a resenha desse livro. Fiquei enrolando por um tempo, mas cá estou, tentando transformar o que senti em palavras.

Não vou mentir, não vou negar. Não gostei muito do livro. Queria muito ter gostado por conta dessa capa mais que linda, mas não curti muito. A autora tinha um enredo incrível nas mãos, mas para mim, não soube aproveitá-lo. A história é extremamente repetitiva e demora muuuuito para engatar. Eu simplesmente não consegui me conectar ao livro, o que me deixa muito triste.

Por muitas vezes, me vi irritada durante a leitura. A tal troca das joias poderia ter sido feita nos primeiros capítulos mas, é claro, aí não teríamos o livro. Ainda assim, toda a enrolação e o desenrolar da trama pareceu extremamente desnecessário.

Eu gostei dos personagens, do cenário, mas a trama em si, não é cativante. Por vezes você se vê querendo deixar o livro de lado por pura enrolação. Uma coisa que poderia ter sido resolvida em três páginas, demora trinta e assim por diante. E a "desculpa" para o adiamento da solução da história é literalmente, sempre a mesma, o tempo todo. A leitura acabou ficando desgastante.

O clímax do livro, quase no final, é empolgante. Há uma grande reviravolta na história que é sim surpreendente, que foi o que fez o livro subir para uma nota 3,5. O último capítulo também é surpreendente, e me fez dar um sorrisinho, mas nada demais.

Recomendo o livro para que gosta de clichês e para quem tem muita paciência. Infelizmente, não foi uma leitura proveitosa para mim.

--

E vocês, já leram esse livro? O que acharam?

Beijos e até a próxima! :*




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oii! Gostou? Curtiu? Quer fazer uma pergunta ou uma crítica? Fique à vontade para comentar aqui no post. E volte sempre, combinado? :)